Home > Blog > Transição de contabilidade: 7 passos para mudar

Alessandra Gomes

May/3/2017

Transição de contabilidade

Ter um serviço de contabilidade é extremamente importante para que você possa manter a sua empresa, afinal existem diversas obrigações que devem ser entregues e pagas para que o seu negócio permaneça ativo e possa progredir.

Mas conforme a empresa vai tomando forma, algumas mudanças começam a surgir e é possível que o serviço contábil que você possui não consiga atender a sua empresa da mesma maneira.

Nesse momento dúvidas começam a surgir. É possível mudar de contabilidade sem afetar as obrigações da empresa? Sim, é possível. Basta que você encontre um serviço contábil que possa atender a sua empresa da forma como ela precisa.

Quais são os procedimentos para a transição de contabilidade?

Caso você mude de contabilidade, você precisa ficar atento aos documentos que devem ser informados para o seu novo serviço contábil.

Mas não se preocupe. O Qipu te explica em 7 passos.

  • Dados gerais: A nova contabilidade precisa conhecer quem você é e os dados da sua empresa. Assim, todas informações referentes aos seus dados pessoais, dados dos sócios e os dados da sua empresa precisam ser passados.
  • Senha web: A senha web é uma assinatura eletrônica registrada na prefeitura de forma gratuita. Através desta senha seu contador poderá verificar suas notas emitidas para validar as informações de recebimentos.
  • Senha do GissOnline: Em alguns municípios é necessário registrar uma senha no Portal do GISSOnline para depois registrar a senha web. O que poucas pessoas sabem é que a senha do GISSOnline também serve para emitir uma declaração que informa os serviços que foram prestados ou tomados.
  • Código do Simples Nacional: Para que o seu contador tenha acesso às funcionalidades do Simples Nacional, é necessário que a sua antiga contabilidade informe o código do Simples Nacional.
  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário: Quando uma empresa é aberta ela gera um Contrato Social (para LTDAs e EIRELIs) ou um Requerimento de Empresário (para EIs). Neste documento constam todas as iformaçòes da empresa, como as atividades e as parcelas de cada sócio.
  • Escrituração Contábil: Em resumo, a Escrituração Contábil é um registro cronológico que mostra todas as movimentações feitas pela empresa. Por conter todas essas informações, a escrituração contábil é um dos documentos mais importantes para a contabilidade porque através dele é possível identificar qual é a situação atual da empresa.
  • GFIP: A GFIP é um documento obrigatório para empresa que fazem retirada de pró-labore, assim é importante que a antiga contabilidade envie a última GFIP gerada para a nova contabilidade. Desta forma a nova guia poderá ser gerada.

Está pensando em migrar de contabilidade? Saiba mais sobre a Contabilidade Qipu.

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também