Home / Blog / SEO para e-commerce: sua loja na primeira página do Google

SEO para e-commerce: sua loja na primeira página do Google

O que é SEO para e-commerce e como aplicar na sua loja para alcançar melhores posições no Google, sem pagar por isso? 5 dicas de especialista.

Lojas virtuais que investem em SEO para e-commerce conseguem conquistar 13,2 vezes mais visitantes e 5,7 vezes mais clientes do que os sites que não investem nessa estratégia.

Se você não sabe nada sobre SEO é importante ter em mente que estamos falando de uma estratégia de marketing digital para e-commerce composta por diversas ações. Juntas elas vão contribuir para que seu e-commerce tenha um melhor posicionamento dos resultados de pesquisa do Google, sem que você precise pagar (ao Google Ads) para alcançar esse resultado. 

É claro que alguns investimentos precisam ser feitos para alcançar os resultados esperados com o SEO para ecommerce, dependendo do tamanho do seu negócio e da sua capacidade de investimento. 

Por exemplo, talvez você precise de um profissional de TI ou mesmo de um especialista em SEO para e-commerce que irá avaliar a situação do seu e-commerce do ponto de vista de SEO, ou seja, do ponto de vista do Google.

Ou ainda pode demandar de um profissional de redação, um copywriter, para a produção de conteúdo relevante para o site. 

O que é SEO?

O SEO é uma estratégia de rankeamento orgânico no Google e isso quer dizer que sua empresa não paga para aparecer nas melhores posições da ferramenta de busca. 

Em suma, você não se destaca porque está fazendo um anúncio, mas porque o Google compreende que a sua página está entre as mais indicadas para responder a pergunta do usuário. 

Observe a imagem abaixo, um print realizado em um resultado de pesquisa do Google. Marcado de vermelho está o resultado que não é anúncio. Tudo o que aparece depois desse resultado não é anúncio. São resultados orgânicos. 

Todos os resultados que são anunciados aparecem com uma tag escrita “Anúncio”. Ela serve para informar ao usuário que estamos falando de resultados de Ads.

É por isso que resultados orgânicos são vistos com muito mais credibilidade pelo usuário, afinal, a empresa não pagou para estar ali, ela está porque o Google compreende a sua relevância.

Fato é que cerca de 93% de todo o tráfego vem de um mecanismo de busca e que 70% a 80% dos usuários ignoram completamente os anúncios pagos. 

Ou seja, todos esses usuários buscam pelo resultado orgânico do Google para encontrar o que procuram. 

Estratégias de SEO para ecommerce

Então, como colocar minha empresa no topo do Google de maneira orgânica? A seguir criamos uma lista com algumas ações que você deve considerar em estratégias para e-commerce focadas em SEO. Confira!

1. Pesquisa de palavra-chave

Vamos lembrar que estamos falando do Google. O Google é uma ferramenta de busca baseada em palavras. 

O ranqueamento dos resultados também é feito por palavras que estão ligadas aos termos usados na pesquisa.

Logo, é fundamental que você use as palavras certas dentro de suas páginas, para que o Google faça a conexão entre pesquisa feita pelo usuário e o resultado oferecido. 

O primeiro passo para identificar quais as palavras-chaves você deve usar nas páginas do e-commerce é fazer um brainstorming com os termos relacionados ao seu nicho, ao seu mercado e às palavras para as quais você deseja estar posicionado.

Depois disso, é interessante que você use uma ferramenta de SEO, como: 

  • Ubersuggest
  • SEMRush
  • Google Keyword Planner

O Google Keyword Planner faz parte da ferramenta de anúncio do Google, mas ao ser usada para uma estratégia de SEO para e-commerce vai te ajudar a encontrar as palavras-chaves, pesquisadas pelos usuários, que realmente se adequam ao seu nicho e negócio.

2. Otimização On-Page

A otimização On-Page envolve incluir as palavras chaves estratégicas encontradas nas páginas do seu site.

É importante que você entenda que é preciso ter uma certa densidade da palavra-chave nas páginas do seu site para que o Google entenda que a página trata sobre aquele assunto. 

Existem alguns pontos estratégicos mais importantes de uma página, que precisam conter as palavras-chaves que você selecionou como relevantes, entre eles: 

    • H1 (título da página): em páginas de produto, geralmente, o H1 é o título do produto. Inclua a keyword relacionada a ele,  
    • Meta título e meta descrição: é o que aparece no resultado do Google como título e descrição embaixo do título. Também deve ter um apelo de clique, argumentos de conversão, para tentar se diferenciar dos concorrentes (frete grátis, parcelamento…),
  • Descrição do produto
  • URL

É possível incluir essas palavras-chaves nessas áreas usando a própria plataforma de e-commerce que você escolheu para hospedar a sua loja. 

3. Texto para páginas de categoria

As páginas de categorias só possuem menos relevância que a página da home do seu e-commerce, logo, é fundamental se preocupar com elas, criando textos exclusivos para páginas de categorias e subcategoria, focando na palavra-chave para a qual você deseja rankear.

Faça um texto de 500 a 800 palavras, use a keyword principal e também termos secundários. 

Inclua links internos para produtos e páginas de subcategorias que forem citadas nesta página. 

4. Blog para e-commerce

É muito comum que o marketing de conteúdo seja negligenciado dentro de um plano de marketing para e-commerce, entretanto, é importante que você saiba que ele vai contribuir para ampliar o leque de palavras-chaves usadas na sua loja, além disso, possui outros benefícios como:

  • Alto ROI, retorno sobre investimento, para e-commerce;
  • Aumento de tráfego;
  • Geração de conversão;
  • Maior autoridade para a plataforma;
  • Links para o seu site.

Crie conteúdo para o público que está pesquisando sobre o seu produto e aproveite para inserir pontos de conversão durante suas publicações, como banners e chamadas sobre seus produtos ao longo do texto. 

É fundamental, entretanto, que o material criado seja relevante e não apenas um canal publicitário sobre sua oferta. 

5. Link Building 

O Link Building, ou construção de links, é uma estratégia de SEO para ecommerce que visa ampliar a autoridade da sua loja virtual e aumentar o tráfego, com usuários vindos de outros canais. 

O objetivo do Link Building é conseguir que outros sites relevantes criem links para o seu site.

Essa é uma das principais formas de  ajudar o Google a entender que você é uma autoridade no assunto e no nicho que envolve os produtos comercializados na sua loja. 

E aí? Conseguiu aprender um pouco mais sobre SEO para ecommerce, como colocar sua empresa no topo do Google? 

As dicas que compartilhamos aqui são as iniciais, ideais para quem está começando sua trajetória dentro do SEO. Entretanto, para se aprofundar e receber outras dicas, nós indicamos que assista ao vídeo abaixo, com as dicas de uma especialista. Vale a pena conferir. 

</iframe>
Este artigo foi escrito pela Gyra+. Somos uma plataforma que realiza empréstimo online seguro com taxas customizadas, para empreendedores digitais em busca de capital de giro. Solicite uma proposta e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Equipe Qipu

Jan/9/2021

Contabilidade Online , Contabilidade Online Qipu , Contbilidade Simples Nacional , Simples Nacional , Microempreendedor Individual

Não deixe de ler também