Home / Blog / Como fazer preço de venda: 7 passos para precificar seus produtos de maneira justa e competitiva

Como fazer preço de venda: 7 passos para precificar seus produtos de maneira justa e competitiva

Confira um passo a passo descomplicado de como fazer preço de vendas e saiba como precificar seus produtos de maneira competitiva.

Os desafios que rondam os empreendedores são diversos. Como calcular o preço de venda é, sem dúvida, um dos principais obstáculos, especialmente em se tratando de empresas novatas e com pouca experiência no mercado.

A precificação dos produtos e serviços comercializados é um aspecto determinante para o sucesso ou ruína de um modelo de negócio. Se os preços não forem definidos corretamente, a empresa pode acabar colocando em risco sua lucratividade e sua sustentabilidade financeira.

Se você tem dúvidas sobre qual a melhor forma de como fazer preço de venda, saiba que você clicou no artigo certo.

Continue a leitura para conferir nas próximas linhas um passo a passo descomplicado de como calcular o preço de venda justo e competitivo:

  1. Faça uma pesquisa de mercado;
  2. Pesquise sobre a percepção de valor;
  3. Saiba qual o custo direto da solução comercializada;
  4. Faça um levantamento de todas as suas despesas fixas;
  5. Apure todas as despesas variáveis;
  6. Estabeleça a margem de lucro para as vendas;
  7. Calcule o índice Markup.

Este post também pode interessar a você: Qual a melhor forma de controlar suas receitas e despesas?

Passo a passo: como fazer preço de venda na sua empresa

Ao precificar os produtos da sua empresa, é necessário cobrar um valor que seja capaz de cobrir todos os custos necessários para disponibilizá-lo para a venda e ainda gerar lucro. Além disso, o preço deve ser competitivo com o que é praticado pelo mercado.

Confira agora quais passos seguir para definir o preço dos seus produtos.

Passo 1 - Faça uma pesquisa de mercado

O primeiro passo de como fazer preço de venda consiste em entender a atual realidade do mercado em que a empresa está inserida. Isso significa avaliar quem são seus principais concorrentes, os preços que eles cobram e os principais fornecedores desse mercado.

Além disso, é importante também investigar o perfil socioeconômico do seu público-alvo a fim de entender o quanto eles estão dispostos a pagar.

Conhecer seus concorrente é importante, ao pesquisar o mercado. Por isso, baixe nossa planilha gratuita e faça esse estudo com mais facilidade: [PLANILHA] Análise de concorrente

Passo 2 - Pesquise sobre a percepção de valor

Também é importante para a precificação dos seus produtos entender qual a percepção de valor que os seu público-alvo tem sobre aquilo que sua empresa comercializa.

Considerar esse aspecto é de extrema importância para que se possa definir um preço justo e competitivo.

Passo 3 - Saiba qual o custo direto da solução comercializada

O custo direto se refere ao valor que você precisou desembolsar para adquirir (no caso de revenda) ou produzir determinada mercadoria.

Neste terceiro passo de como fazer preço de venda, é preciso considerar todos os impostos e taxas para que um determinado produto pudesse ficar disponível na sua prateleira para a venda.

Estes dois conceitos podem ajudar você na hora de definir os preços do seu negócio:

Passo 4 - Faça um levantamento de todas as suas despesas fixas

Conforme mencionamos anteriormente, a precificação dos seus produtos precisa ser suficiente para cobrir as suas despesas.

Portanto, para a fórmula que explicaremos mais à frente, você precisará colocar na equação todas as suas despesas fixas. Por exemplo:

  • Aluguel;
  • Conta de água, luz e internet;
  • Mensalidade de seguro etc.

Passo 5 - Apure todas as despesas variáveis

Também é necessário que seja feita a apuração de todas as despesas variáveis da sua empresa. Elas se referem aos gastos que podem variar de acordo com o desempenho das vendas. Por exemplo:

  • Frete;
  • Combustível gasto nas entregas;
  • Embalagens etc.

Passo 6 - Estabeleça a margem de lucro para as vendas

A margem de lucro se refere ao percentual que você deseja lucrar sobre o custo total para adquirir ou produzir determinada mercadoria.

Ou seja: do valor cobrado de seus consumidores, quanto você quer ter de lucro após cobrir todos os custos?

Veja também: Como fazer distribuição de lucros: 4 dicas para não errar

Passo 7 - Calcule o índice Markup

A sétima etapa de como calcular o preço de venda consiste em calcular o índice Markup.

Trata-se de um multiplicador que será aplicado sobre o custo de aquisição ou produção de determinada mercadoria.

Para encontrar o Markup, é necessário aplicar a seguinte fórmula:

  • Markup = 100 / [100 - (%DV + %DF + %ML)]

Sendo:

  • 100: percentual do preço unitário total da venda;
  • DV: despesas variáveis;
  • DF: despesas fixas;
  • ML: margem de lucro.

Exemplo

Imagine que a mercadoria que você pretende comercializar tem um custo direto de R$ 150. As suas despesas fixas representam 25% desse valor, enquanto as despesas variáveis equivalem a 15%. A margem de lucro que você deseja obter sobre esse valor é de 20%.

Ao jogar tudo isso na fórmula, temos:

100 / [100 - (15 + 25 + 20)]

100 / [100 - 60]

100 / 40 = 2,5

Após calcular o índice Markup, multiplique-o pelo seu custo direto. De acordo com o nosso exemplo, o preço a ser cobrado deve ser de R$ 375 para cobrir todas as despesas e ainda obter o lucro desejado.

Este vídeo do Sebrae Talks tem mais dicas que vão te ajudar a definir os preços de seus produtos ou serviços, confira:


Bom, ficou claro o nosso passo a passo de como fazer o preço de venda? Implemente essas etapas no seu modelo de negócio e defina preços justos e competitivos para os seus produtos.

Quer mais algumas dicas de como definir preços em sua empresa? Então, baixe nosso planilha gratuita: [PLANILHA] Formação de preço para serviço


Equipe Qipu

Nov/25/2020

Contabilidade Online , Contabilidade Online Qipu , Contbilidade Simples Nacional , Simples Nacional , Microempreendedor Individual

Não deixe de ler também