Home / Blog / Marketing digital para micro empresas: 5 para gastar pouco e gerar resultado

Marketing digital para micro empresas: 5 para gastar pouco e gerar resultado

Redes sociais, influenciadores, blog, landing pages e SEO Local: estratégias [GRATUITAS e PAGAS] de marketing digital para micro empresas

O marketing digital mudou a realidade das micro e pequenas empresas. Se com o marketing tradicional poucas ações podiam ser realizadas devido o alto custo de inserções em TV ou rádio, por exemplo, o marketing digital para micro empresas trouxe novas perspectivas.

As estratégias de marketing digital são mais baratas, democratizando o acesso a principais canais de comunicação, como redes sociais e Google.

Além disso, com a transformação digital também ficou mais fácil medir o retorno que cada campanha traz para a empresa e assim definir onde investir o orçamento limitado de pequenos negócios.

Entender os benefícios do que é marketing digital é fácil, mas onde investir? Por onde começar? O que fazer?

É claro que todas essas respostas dependem de qual é o tipo de negócio que você tem, e qual é o seu público, mas de maneira geral é possível listar algumas ações que funcionam para micro e pequenas empresas.

Entre as estratégias de marketing digital para micro empresas podemos citar:

  1. Redes sociais
  2. Influenciadores digitais
  3. Blog para marketing de conteúdo
  4. Landing pages para gerar leads
  5. SEO Local

Quer saber mais sobre elas? Então continue lendo este artigo.

Marketing digital para micro empresas

Quando falamos de marketing digital para micro empresas precisamos primeiro pensar no custo das ações. Uma microempresa não tem um poder de investimento alto, por isso, buscar estratégias que atraem usuários gratuitamente pode ser um bom começo.

Caso você tenha algum capital para investir em uma estratégia mais robusta pode ser interessante buscar um profissional de marketing ou agência para te ajudar. Ao contratar uma agência de marketing digital</a> você coloca sua campanha nas mãos de profissionais. A tendência é mais resultado.

Entretanto, se você quer e precisa colocar a mão na massa, vamos às dicas abaixo.

1. Redes sociais

As redes sociais são as plataformas mais diretas entre a sua empresa e o seu público. Entretanto, não basta criar uma página e achar que imediatamente você terá seguidores, engajamento e vendas.

Não caia na armadilha de comprar seguidores. Além de antiética e proibida, essa prática não vai ajudar sua empresa a ter bons resultados com a rede.

Caso você queira acelerar o crescimento das suas páginas, invista em anúncios no Facebook Ads, Instagram Ads, Youtube Ads, ou em qualquer outro canal de anúncio oficial da plataforma na qual você está investindo.

Para entender um pouco mais, sugerimos o vídeo do canal Santo Marketing que fala uma introdução do que é Facebook Ads:


Além dos anúncios, que não são obrigatórios, você pode e deve se concentrar na criação de conteúdos de qualidade, que tenham como assunto temas que sejam de interesse do seu público-alvo.

Se você tem um salão de beleza, por exemplo, pode criar conteúdos sobre:

  • dicas de beleza
  • como cuidar do cabelo em casa no dia a dia
  • quando cortar cabelo
  • cuidados pós e pré pintura
  • inspirações para penteados
  • fotos de antes e depois do trabalho feito no seu salão e mais.

O objetivo é que você evite ficar apenas vendendo o seu trabalho. Conteúdos como “aproveite a promoção” e “agende seu horário” são pouco atrativos. Por isso, intercale-os com outros conteúdos mais informativos e menos promocionais.

Mas isso não quer dizer que você não possa aproveitar campanhas do tipo “curta e marque um amigo para ganhar uma transformação gratuita”. Faça isso também. Ações como essa ajudam a ampliar o alcance da marca e a trazer mais público. Só cuidado com a periodicidade.

Use todas as funcionalidades da rede. Por exemplo, no Instagram invista em ações nos stories, IGTV e no canal a9o vivo.

2. Influenciadores digitais

Influenciadores digitais não são apenas para grandes marcas. Existem muitos influenciadores locais que tem alta audiência dentro do seu raio geográfico de atuação e que podem firmar uma parceria com a sua empresa para divulgá-la.

Mesmo para empresas B2B esse trabalho pode ser interessante para levar a sua marca a pessoas que ainda não a conhecem.

Fonte: @raisapolato

Faça uma pesquisa para encontrar influenciadores digitais na sua região e com o perfil de público semelhante ao que você deseja atingir. Envie uma proposta de parceria. Muitos aceitam troca de serviço e produtos. Crie uma boa relação para estabelecer uma parceria duradoura.

3. Blog para marketing de conteúdo

Criar um blog também é gratuito. Você pode usar plataformas grátis como o Wordpress e começar a criar conteúdo para sua empresa.

Você pode usar o blog para compartilhar conteúdo relevante e educar seu público sobre sua solução.

É bastante estratégico para negócios B2B, ou seja, que vendem para outras empresas, pois podem gerar conteúdo com o objetivo de aparecer no Google como resultado de pesquisas de usuários que tenham seu perfil.

Imagine que você iniciou agora uma consultoria financeira para empresas e tem um conteúdo criado com base na palavra-chave “dicas de gestão financeira para empresas” ranqueando nas primeiras posições do Google para pesquisas similares. Isso vai te ajudar a fazer com que usuários cliquem em seu link e acessem seu blog.

Aproveite para incluir links para páginas de “fale com um consultor” ou “agende uma avaliação gratuita”.

4. Crie landing pages para gerar leads

Seguindo a linha de raciocínio da dica anterior, você pode usar seus conteúdos de blog para levar o usuário para landing pages. Basta inserir links nessas publicações do blog.

Landing pages são páginas de conversão, onde sua empresa oferece uma oferta para o usuário em troca de dados como nome e e-mail. Veja o exemplo abaixo.

Com esses dados em mãos sua empresa pode estabelecer um relacionamento com o contato. Para isso você pode enviar e-mails, SMS ou até mesmo ligar para eles.

Você encontra plataformas para landing pages e para envio de e-mails marketing gratuitas.

5. SEO Local

Acima falamos sobre posicionar as páginas do site da sua empresa nos melhores resultados de pesquisa do Google. A estratégia que contempla esse objetivo é o SEO. Entretanto, existem diferente tipos de SEO, entre eles, o SEO local.

O SEO local tem o objetivo de colocar a sua empresa entre os resultados em destaque de uma pesquisa local. De maneira geral, uma pesquisa local é aquela que tem um “endereço”, como na imagem, “Riberião Preto”.

O primeiro passo para isso é inscrever sua empresa no Google My Business. E adivinha: é grátis também! Siga o passo a passo indicado na ferramenta.

E aí, gostou de conhecer as estratégias de marketing digital para micro empresas? Quase todas as dicas que oferecemos não exigem investimento financeiro para serem iniciadas, por isso, mãos na massa! Priorize seu marketing e tenha disciplina.

Este artigo foi escrito pela LAHAR um software de automação de marketing eleito a melhor ferramenta de marketing digital de 2019 pela ABComm. Nosso serviço ajuda a sua empresa a alcançar melhores resultados em estratégias como redes sociais, e-mail marketing, gestão de leads, SMS marketing, criação de landing pages e mais.

Equipe Qipu

Oct/2/2020

Contabilidade Online , Contabilidade Online Qipu , Contbilidade Simples Nacional , Simples Nacional , Microempreendedor Individual

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web