Home / Blog / TFE em atraso: como quitar a Taxa de Fiscalização de Estabelecimento e 5 dicas para não atrasar o pagamento desse tributo

TFE em atraso: como quitar a Taxa de Fiscalização de Estabelecimento e 5 dicas para não atrasar o pagamento desse tributo

Saiba como quitar TFE em atraso e veja 5 dicas para não atrasar o pagamento desse tributo e manter sua empresa em dia com a fiscalização.

TFE significa Taxa de Fiscalização de Estabelecimento. Trata-se de um tributo municipal que incide sobre empresas que funcionam em algum espaço físico.

As prefeituras recolhem a TFE para financiar as ações de fiscalização, vigilância e controle dos estabelecimentos com sede no município em questão.

A TFE deve ser paga anualmente e o valor é determinado por cada prefeitura, bem como as formas de efetuar o pagamento e de como proceder nos casos de TFE em atraso. E é sobre este último aspecto que vamos tratar nas próximas linhas.

Afinal, o que fazer quando, por algum motivo, você deixou de pagar a Taxa de Fiscalização de Estabelecimento? Como regularizar a sua situação junto à prefeitura da sua cidade?

Continue a leitura deste artigo para conhecer o passo a passo de como lidar com a TFE em atraso:

  1. Faça um levantamento de todas as guias de TFE em atraso

  2. Acesse o site da prefeitura

  3. Emita uma nova guia para pagamento da TFE

Saiba também as ações como evitar que esse e outros tributos fiquem pendentes.

Leia mais: Conheça mais sobre a Taxa de Fiscalização de Estabelecimento

TFE em atraso: e agora? o que devo fazer?

Empresas que exercem atividades de comércio, indústria, prestação de serviços e agronegócio em espaço físico próprio ou aberto ao público estão sujeitas a pagar a TFE.

Conforme mencionado em linhas anteriores, a TFE é um tributo municipal, sendo de responsabilidade das prefeituras determinar o valor, a data para pagamento, as formas de cobrança, as multas, os juros e as demais normas e procedimentos em caso de inadimplência.

Lembrando que esse é só um exemplo das muitas taxas e tributos aos quais você deve estar atento, como um bom gestor de um negócio próprio.

Veja mais alguns deles, pagos por que tem uma ME: Impostos pagos por MEs optantes pelo Simples Nacional

Veja agora um passo a passo básico de como você deve agir quando a sua TFE não for quitada dentro do prazo fixado pela prefeitura do seu município.

Passo 1 - Faça um levantamento de todas as guias de TFE em atraso

A primeira coisa que você deve fazer para quitar a Taxa de Fiscalização de Estabelecimento em atraso é verificar quantas guias desse tributo não foram pagas. Se for mais de uma, organize-as por data.

Passo 2 - Acesse o site da prefeitura

Quando houver TFE em atraso, o segundo passo é acessar o site da prefeitura para saber as normas e regulamentos adotados pelo município para lidar com casos desse tipo. Lembre-se de que as regras em relação a essa taxa podem ser diferentes em cada município.

Passo 3 - Emita uma nova guia para pagamento da TFE

No site da prefeitura, provavelmente haverá um espaço destinado a assuntos da Secretaria Municipal de Fazenda, que é o caso da TFE e de outros tributos.

Nesse espaço, haverá opções relacionadas às dívidas que a sua empresa tem com o município. Dentre tais opções, é provável que haja a de emitir uma nova guia com todos os tributos não pagos.

Faça a emissão e escolha uma nova data de vencimento. Dependendo do valor total das pendências, pode ser que você consiga parcelar o pagamento. As multas e juros costumam ser calculados automaticamente.

Observação:

Em cidades menores, pode ser que o processo de emissão das guias de TFE em atraso sejam feitos presencialmente. Portanto, é imprescindível que você se informe sobre como os procedimentos fazendários.

Leia também: TFE - Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos

Se você quiser abrir um negócio, precisará de um alvará de funcionamento, além da TFE, veja mais neste vídeo:


Dicas: como evitar TFE em atraso?

A Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos é apenas um de vários outros tributos aos quais os empresários estão sujeitos.

Tendo isso em vista, a primeira dica de como evitar TFE em atraso é fazer um planejamento fiscal e tributário da sua empresa. Dessa forma, você fica ciente de todas as suas obrigações tributárias e consegue preparar o caixa para bancar esse e outros tributos.

A outra dica é investir em automatização. Com o uso de um software especializado como aliado, é possível definir lembretes, programar pagamentos automáticos e ter acesso a relatórios completos que permitem ter maior controle no que se refere aos tributos que incidem sobre as atividades do seu negócio, incluindo a TFE.

Por fim, recomendamos também que você invista em contabilidade online para receber orientações valiosas de um contador e organizar melhor a contabilidade da sua empresa.

Saiba mais: O que é contabilidade online, como funciona e 10 vantagens

Bom, agora que você já sabe como proceder com TFE em atraso, mantenha a sua empresa em dia com esse e outros tributos.

Estes posts também devem interessar a você:

Se você tem mais dúvidas contábeis sobre o seu negócio, temos uma dica para você: baixe nosso dicionário contábil gratuito!

Assim, você vai estar por dentro do assunto e evitará problemas em sua empresa: BAIXE agora o Dicionário de Contabilidade do Qipu

Equipe Qipu

Aug/31/2020

Contabilidade Online , Contabilidade Online Qipu , Contabilidade Simples Nacional , Simples Nacional , Microempreendedor Individual , Automatização da área financeira

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web