Home / Blog / MEI para agência de marketing digital é possível? Descubra como ser um empreendedor individual nessa área

MEI para agência de marketing digital é possível? Descubra como ser um empreendedor individual nessa área

Descubra se é possível abrir MEI para agência de marketing digital e saiba como formalizar as suas prestações de serviço nessa área.

Trabalhar com marketing digital é uma tendência, atualmente. As empresas, de todos os portes, perceberam que o marketing tradicional já não é mais suficiente para atrair clientes. Por isso, investem pesado em estratégia online.

Por isso, trabalha com marketing digital é uma grande oportunidade!

E se você trabalha com marketing digital e está pensando em abrir uma empresa no regime MEI para prestar esse tipo de serviço, mas ainda não sabe muito bem como fazer isso, fica tranquilo que vamos de ajudar.

Muitas pessoas que querem ser donas do próprio negócio e formalizarem suas atividades econômicas veem na modalidade de Microempreendedor Individual uma boa alternativa.

Isso porque esse regime foi criado justamente com o objetivo de permitir que profissionais autônomos e liberais pudessem sair da informalidade de maneira simples e o menos burocrática possível.

Mas, afinal, MEI para agência de marketing digital é permitido?

Convidamos você a continuar a leitura deste artigo para descobrir se os profissionais que prestam serviços dessa natureza podem se enquadrar no regime de Microempreendedor Individual.

Veja também o que fazer para abrir sozinho a sua agência de marketing digital, em 3 passos:

  1. A escolha do seu regime jurídico
  2. Definindo o seu regime tributário: Simples Nacional é a melhor opção
  3. Escolha o seu código CNAE

Leia também: Marketing digital para MEI: 5 dicas para divulgar sua marca no ambiente online e impulsionar as vendas

MEI para agência de marketing digital: será que pode?

Sem muitas delongas, não é mais permitido o regime de MEI para agência de marketing digital.

Até 2018, era possível abrir uma empresa de marketing digital como Microempreendedor Individual. Tanto é que o número correspondente à Classificação Nacional de Atividades Econômicas para esse tipo de serviço era o 7319-0/03.

Porém, com a publicação da Resolução nº 144/2018, o marketing foi retirado da lista de atividades permitidas para Microempreendedores Individuais.

Como, então, abrir uma agência de marketing digital?

Como você pôde perceber, não é possível abrir um cadastro de MEI para agência de marketing digital .

Mas, então, quais alternativas você tem para formalizar as suas atividades econômicas voltadas à prestação de serviços de marketing digital?

1. A escolha do seu regime jurídico

Se a sua primeira opção para abrir a sua agência de marketing digital era o regime MEI, saiba que há duas alternativas de regime jurídico que podem te atender muito bem.

Você pode escolher entre Microempresa ( ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP). Ambos os regimes são aceitos dentro do formato societário de Empresário Individual.

A escolha entre ME e EPP vai depender da sua estimativa de faturamento anual. Para ser uma Microempresa, você não pode faturar mais de R$ 360 mil por ano com a prestação dos serviços de marketing digital. Já como Empresa de Pequeno Porte, o faturamento anual deve ser de R$ 360 mil a R$ 4,8 milhões.

Veja também: O que são e qual a diferença entre MEI e ME? 9 comparativos

2. Definindo o seu regime tributário: Simples Nacional é a melhor opção

Para abrir a sua agência de marketing digital, é necessário também definir em qual regime tributário ela vai se enquadrar.

Há três opções para você escolher:

Optantes pelo MEI necessariamente são adeptos ao Simples Nacional . Logo, se a priori você tinha interesse em abrir sua agência sob esse formato jurídico mas viu que não é possível, saiba que você ainda pode aderir ao Simples Nacional mesmo sendo ME ou EPP.

Para quem está começando agora a se aventurar pelo empreendedorismo e possui pouca experiência, o Simples Nacional é a melhor opção. O principal motivo para isso é que você paga, em uma única guia, todos os impostos que competem às atividades da sua empresa.

Além disso, é possível reduzir os custos com o pagamento de tributos, diminuir a burocracia e facilitar a gestão contábil do seu modelo de negócio.

Os impostos pagos pelos optantes do regime Simples Nacional são:

  • Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica ( IRPJ)
  • Imposto sobre Produtos Industrializados ( IPI)
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido ( CSLL )
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social ( Cofins )
  • Contribuição para o PIS /Pasep
  • Contribuição Patronal Previdenciária ( CPP)
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação ( ICMS)
  • Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza ( ISS).

Leia mais: Simples nacional, lucro real e lucro presumido: qual usar?

3. Escolha o seu código CNAE

Na hora de abrir a sua agência de marketing digital, é necessário escolher o código de Classificação Nacional de Atividades Econômicas ( CNAE). A escolha vai depender da descrição dos serviços que você vai prestar aos seus clientes.

Veja mais: Atividades Impeditivas para o Simples Nacional

Bom, ficou claro por que não é possível abrir MEI para agência de marketing digital? Escolha qual o melhor regime dentre as opções que citamos aqui e empreenda!

Quer saber mais sobre abertura de empresas? Então, baixe nosso e-book gratuito: Abertura de Empresas


Equipe Qipu

Sep/8/2020

Contabilidade Online , Contabilidade Online Qipu , Contbilidade Simples Nacional , Simples Nacional , Microempreendedor Individual

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web